Galeria de Vídeos

Qual a importância das células-tronco do cordão umbilical e da polpa do dente de leite?

Dr. Carlos Alexandre Ayoub, Diretor Clínico do CCB - Centro de Criogenia Brasil, explica a importância das células-tronco na medicina e nas nossas vidas.

Célula-tronco ou célula mãe é uma célula indiferenciada, capaz de se autorrenovar e de se transformar em vários tipos de células que formam os diferentes tecidos do corpo humano. Por isso, elas são capazes de regenerar órgãos e tecidos lesionados, promovendo a recuperação dos mesmos. O procedimento no qual estas células são utilizadas em tratamento chama-se TERAPIA CELULAR.

O corpo humano está em constante estado de renovação celular. Diariamente de 50-70 milhões de células são descartadas e renovadas pelo organismo. Esta renovação é de responsabilidade das células-tronco. A falha nesse processo de renovação e também as falhas no sistema imune levam ao surgimento de doenças, que muitas vezes comprometem a função das células do próprio paciente.

As células-tronco comprovadamente podem ser usadas para o tratamento de doenças do sangue, tais como: leucemias, linfomas e anemias malignas. No Brasil, outras doenças estão em fase de pesquisa, algumas em fase III (em humanos). No mundo há mais de 300 doenças degenerativas sendo estudadas (clinicaltrial.gov).

Qual a importância das células-tronco do cordão umbilical e da polpa do dente de leite?

Por serem células-tronco jovens e muito imaturas, possuem uma grande capacidade de se transformarem em muitos tipos de tecidos que formam nosso organismo (pele, nervos, ossos, músculo liso, cartilagem, gordura, entre outros). O uso terapêutico das células-tronco de cordão umbilical e da polpa do dente de leite para regenerar órgãos e tecidos lesados, promovendo maior longevidade com qualidade de vida, vem sendo muito estudado em centros de pesquisa de todo mundo.

Publicado em: 24 de janeiro de 2019 às 13:01.

Central de Atendimento: 
São Paulo e Região: (11) 3059-0510 | DDG: 0800.770.1112 | E-mail: ccb@ccb.med.br
Av. Indianópolis, 1843/1861 - Indianópolis - São Paulo/SP - CEP: 04063-003