Notícias

22 de março de 2019

Dente de Leite: a pérola da saúde

Alguns pesquisadores estudaram os primeiros dentes das crianças, também conhecidos como dentes de leite, e descobriram que eles podem ajudar a curar lesões graves, ou seja ferimentos que dificilmente iriam se curar sozinhos, como a perda de um pedaço do osso. Isso porque eles trazem em seu interior as chamadas “células-tronco”, um tipo de célula que pode se transformar em quase todas as outras do seu corpo. Onde encontramos células-tronco? O que fazem no organismo? Conversamos sobre isso com Erika Cristina Jorge, professora do Departamento de Morfologia, do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Ela é especialista no tema e nos ajudou a entender um pouco mais sobre o assunto. O que são células-tronco? A célula-tronco é uma célula que pode se transformar em (quase) todas as células. Elas existem em grandes quantidades quando ainda não nascemos e todos os nossos tecidos e órgãos estão se formando. Depois que nascemos, alguns tecidos do noss

14 de março de 2019

Cegos voltam a enxergar após transplante na Escócia

Esperança para cegos. Graças a um transplante pioneiro, oito pacientes com um problema que destrói a visão tiveram a área afetada reparada – e dois foram capazes de ler novamente após ter degeneração macular severa. O tratamento revolucionário pode levar à cura da cegueira causada por danos na córnea, a superfície protetora do olho. A nova pesquisa foi feita na Escócia e mostra que milhões de pessoas que não enxergam poderiam ter sua visão restaurada com transplante de células-tronco retiradas dos olhos de doadores não vivos. “Os resultados deste pequeno estudo são muito promissores e mostram o potencial das cirurgias oculares de células-tronco seguras, bem como melhorias no reparo ocular”, disse o líder do estudo Baljean Dhillon, professor de oftalmologia clínica do Centro de Ciências Cérebro-Clínicas da Universidade de Edimburgo. Descrevendo o avanço como um “primeiro do mundo”, Dhillon e seus colegas disseram que ele lança luz sobre as causas dos distúrbios da visão e mostra c

7 de março de 2019

Cordão umbilical doado cura menino com câncer agressivo

Um cordão umbilical doado salvou a vida de um menino de nove anos que tinha um tipo de câncer agressivo, a leucemia mielóide aguda. Ele passou por um transplante de células-tronco e conseguiu vencer a doença. Jenson Wright foi diagnosticado com linfoma em novembro de 2013, quando tinha 4 anos de idade. Ele fez várias sessões de quimioterapia, mas o câncer retornou mais agressivo e se espalhou por 70% do corpo de Jenson. O menino, de Penketh, na Inglaterra, ganhou uma nova chance depois do transplante de células-tronco usando um cordão umbilical que estava congelado há tempos no Texas. A operação foi em dezembro de 2016 e os médicos ficaram chocados com a boa reação que o menino teve em apenas cinco dias, após o tratamento. Agora, dois anos depois do transplante, Jenson foi informado de que está completamente curado de câncer. A mãe dele, Carolyn, de 46 anos, disse: “Nós somos bastante afortunados porque ele era tão jovem na época em que foi diagnosticado, então ele realmente não

21 de fevereiro de 2019

Pesquisadores desenvolvem forma de transplantar rins de porcos para seres humanos

Duas pesquisas da Universidade de São Paulo estão tentando ampliar a oferta de órgãos para transplantes. Os cientistas estudam uma forma de usar rins de porcos em seres humanos. Veja na reportagem de Fábio Turci, que foi correspondente da Globo em Nova York, e agora está de volta ao Brasil. Durante duas, três, quatro horas por dia, a vida para. Para pra ser renovada pela máquina. “Eu gosto dela porque ela está me cuidando, mas o sonho é sair daqui”, diz a babá Fernanda Salgueiro Damasceno. A hemodiálise filtra o sangue, faz o que os rins não conseguem mais fazer. A aposentada Lourdes Higino da Silva está na fila do transplante faz 15 anos. Chegou a conseguir um rim, mas ele estava com problema. “Colocaram na quinta, tiraram no sábado. Estou na fila de novo”, conta. O transplante de órgãos foi uma revolução na medicina, mas ela nunca libertou os pacientes da fila de espera e da necessidade de encontrar um órgão compatível. Agora, o que vem por aí pode ser uma nova revolução. No Ce

14 de fevereiro de 2019

Descoberta sobre células-tronco pode levar à cura do diabetes

Pesquisadores da Universidade da Califórnia em São Francisco deram "passo crítico" para encontrar uma solução para a doença, pela primeira vez criaram células humanas que produzem insulina utilizando células-tronco. A novidade científica é um avanço em direção à criação de uma cura para o diabetes tipo 1. “Os tratamentos terapêuticos atuais tratam apenas os sintomas da doença com injeções de insulina”, segundo Gopika Nair, autora do estudo, realizado pela Universidade da Califórnia em São Francisco. “Nosso trabalho aponta para diversas avenidas empolgantes para finalmente encontramos uma cura para a doença.” O estudo completo foi publicado periódico Nature Cell Biology. Com a nova técnica, os pesquisadores conseguiram reproduzir em laboratório células beta pancreáticas que são destruídas pelo diabetes tipo 1. Elas são responsáveis pela produção de insulina. Para driblar a dificuldade encontrada por outros pesquisadores para criar as células beta a partir das células-tronco, o time

Central de Atendimento: 
São Paulo e Região: (11) 3059-0510 | DDG: 0800.770.1112 | E-mail: ccb@ccb.med.br
Av. Indianópolis, 1843/1861 - Indianópolis - São Paulo/SP - CEP: 04063-003