Notícias

7 de maio de 2018

Parto Normal x Cesariana

A maioria dos médicos recomenda o parto normal, pois é mais seguro tanto para a mãe quanto para o bebê. “Embora atualmente a cesariana seja uma intervenção realizada com muita segurança, é uma cirurgia e, por isso, tem maior índice de complicações (infecções, hemorragias, hematomas, lesão de órgãos, dores, aderências, indicação para outras cesarianas) e de mortalidade que um parto normal, tanto para a mãe quanto para o bebê”, afirma Cláudio Basbaum, ginecologista e obstetra introdutor do Parto Leboyer (Nascimento sem Violência) no Brasil. No procedimento natural há um total envolvimento e participação da mulher ou do casal no processo da acolhida de seu bebê, com repercussões imediatas altamente positivas no vínculo afetivo entre eles. “No parto normal, tanto a mulher quanto o bebê têm mais vantagens, a princípio pela amamentação. Na cesárea, o pós-operatório dificulta esse processo devido à pouca locomoção que a mulher pode realizar. Futuramente, isso pode resultar em problemas emo

3 de maio de 2018

Rins feitos a partir de células-tronco e que funcionam em organismos vivos?

Isso mesmo: cientistas já conseguem criar mini rins humanos em laboratório usando células-tronco e implantá-los em modelos animais – e esses organoides funcionam, filtrando o sangue e produzindo urina. Uma das possibilidades de aplicações mais fascinantes de tecnologias que utilizem células-tronco é a fabricação de tecidos e órgãos sob medida para transplantes – e uma das mais estudadas também. Já falamos aqui sobre alguns exemplos nesse sentido, como a criação de fragmentos de tecido cardíaco, enxertos de intestino e artérias funcionais. Conseguir esse feito no caso dos rins é um enorme desafio nessa área por causa da extrema complexidade das estruturas renais. Essa dificuldade não foi suficiente para desestimular os pesquisadores da Universidade de Manchester, no Reino Unido, liderados pelos professores Sue Kimber e Adrian Woolf, que apresentaram recentemente os resultados de seu trabalho na revista Stem Cell Reports: primeiro, eles criaram estruturas microscópicas dos rins – cha

26 de abril de 2018

Brasil é primeiro país a aprovar antecipação de tratamento para câncer de sangue

Os brasileiros com mieloma múltiplo recém-diagnosticado que não conseguem realizar transplante autólogo de células-tronco (quando o doador é o próprio paciente) serão os primeiros do mundo a se beneficiar de uma nova terapia. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) acaba de aprovar a antecipação do daratumumab, medicamento imuno-oncológico desenvolvido pela Janssen, empresa farmacêutica da Johnson & Johnson, para esses casos. A aprovação foi baseada no estudo ALCYONE, apresentado durante a última reunião científica da Sociedade Americana de Hematologia em Atlanta, EUA, em dezembro de 2017. O estudo demonstrou que daratumumab em combinação com outras drogas ̵ 1; bortezomibe, melfalano e prednisona – reduz o risco de progressão da doença ou morte em pacientes com mieloma múltiplo inelegível para transplante quando comparado ao tratamento padrão. Os resultados também foram publicados recentemente no New England Journal of Medicine [1]. Atualmente, cerca de 7.600 brasileiro

24 de abril de 2018

5 anos

Aos 5 anos, a criança já consegue entender mais seus colegas. Consegue realizar atividades em grupo, na escola, por exemplo, e percebe que as outras crianças também têm sentimentos, medos e vontades e respeita mais essas diferenças. Ele passa a compartilhar mais e têm facilidade para fazer novas amizades. Ainda não distingue totalmente o real do imaginário (não mente, mas imagina demais), nem o que é dela ou dos outros (por isso o conceito de “roubo” ainda não se aplica). Aos poucos começa a se localizar no tempo (manhã, tarde, noite, amanhã, ontem…) e no espaço (atrás, na frente, embaixo, em cima…). Seu filho Tablet, celular, computador… tudo isso parece nascer com as crianças de hoje. Mas, conforme elas crescem, o tempo usando essas tecnologias vai se intensificando e é preciso um pouquinho de controle por parte dos pais. O melhor lugar para o computador é na sala de estar, onde você possa checar o que seu filho está acessando. Como a gente bem sabe, para quase toda palavra que j

19 de abril de 2018

Tratamento com células-tronco restaura visão em afetados por doença degenerativa

Duas pessoas com perda severa de visão devido a uma doença ocular degenerativa se tornaram capazes de ler após um tratamento com células-tronco embrionárias. Os pacientes sofrem de degeneração macular relacionada à idade "úmida", que pode borrar a visão ou causar um ponto cego quando vasos sanguíneos anormais vazam fluidos para o olho, causando danos a uma camada de células chamada epitélio pigmentar da retina (EPR). Este dano à retina mata as células sensíveis à luz. Para o estudo, uma equipe de pesquisadores britânicos e americanos usou células-tronco embrionárias humanas (hESC) para cultivar células de EPR em um suporte de plástico fino. Eles então transplantaram esse "tecido" para os olhos de dois voluntários. Antes da cirurgia, nenhum dos dois conseguia ler mais, relatou a equipe na revista científica Nature Biotechnology. Mas um ano após o procedimento, ambos puderam ler "com óculos de leitura normais, embora lentamente", de acordo com um resumo da Nature. Mais pesquisas

Central de Atendimento: 
São Paulo e Região: (11) 3059-0510 | DDG: 0800.770.1112 | E-mail: ccb@ccb.med.br
Av. Indianópolis, 1843/1861 - Indianópolis - São Paulo/SP - CEP: 04063-003