Atendimento por WhatsApp 55 11 99102-2709

Notícias

15 de fevereiro de 2022

Brasília poderá ter centro de medicina regenerativa

Com o aumento da expectativa de vida e o envelhecimento da população, as doenças degenerativas têm crescido na  sociedade. A medicina regenerativa tem sido vista como uma saída para encontrar a cura desses males que afetam principalmente idosos. A implantação do RCPark foi discutida pelo governador em exercício, Paco Britto, com o presidente da Anadem, Raul Canal  |  Foto: Vinicius de Melo/Agência Brasília Pensando nisso, o governador em exercício do Distrito Federal, Paco Britto, está coordenando uma parceria entre o Parque Tecnológico de Brasília, o Biotic, e a Sociedade Brasileira de Direito Médico e Bioética (Anadem) para a construção no DF do maior centro de medicina regenerativa do mundo, o RCPark. “Estamos em tratativas com o Biotic para essa instalação que será muito importante para o DF”, afirmou Paco, que recebeu em seu gabinete nesta sexta-feira (29) o presidente da Anadem, Raul Canal. “Hoje, 90% das mortes por doenças são causadas por doenças degenerativas. A medicina re

8 de fevereiro de 2022

Transplante experimental de células-tronco promete reversão do diabetes tipo 1

Um novo tratamento experimental derivado de células-tronco (conduzido pela empresa Vertex Pharmaceuticals) quase conseguiu reverter o diabetes tipo 1 de um paciente que viveu com a doença por cerca de 40 anos. As células foram distribuídas por infusão na veia porta hepática, e são as primeiras a serem transplantadas para o fígado. Imagem: Twenty20photos/Envato Elements. A terapia, feita com células das ilhotas de Langerhans, produtoras de insulina, é destinada a pacientes com diabetes tipo 1 que têm hipoglicemia grave. "O paciente se destacou porque a redução na necessidade de insulina foi muito impressionante. Ninguém sabia o que esperar, já que não tinha sido feito antes, mas certamente os resultados neste paciente são melhores do que o que se esperava de um transplante de ilhotas de um doador falecido", observam os pesquisadores. A empresa planeja transplantar outros 16 pacientes. No entanto, os pesquisadores por trás do estudo apontam a necessidade de alguns dados de longo pra

31 de janeiro de 2022

Cientistas portugueses ajudam a descobrir novo mecanismo para regeneração muscular

O músculo é conhecido por se regenerar através de um processo complexo que envolve várias etapas e depende de células estaminais. Mas um estudo do IMM apresenta agora um novo mecanismo. William Roman / IMM Um novo estudo liderado por investigadores do Instituto de Medicina Molecular João Lobo Antunes (IMM), em Lisboa, e da Universidade Pompeu Fabra, em Barcelona (UPF), descreve um novo mecanismo para regeneração muscular após danos fisiológicos. Este mecanismo de proteção abre caminho para uma compreensão mais ampla do tratamento muscular. O tecido muscular esquelético, órgão responsável pela locomoção, é formado por células que possuem mais de um núcleo – característica quase única no nosso corpo. Apesar da plasticidade das células musculares, a sua contração pode ser acompanhada por danos musculares. William Roman, autor principal do estudo, explica que “mesmo em condições fisiológicas, a regeneração é vital para o músculo suportar o stress mecânico da contração, que muitas vezes

25 de janeiro de 2022

O uso das células-tronco na ortopedia e na medicina do esporte

Além da longevidade, as terapias trazem perspectivas de mais qualidade de vida e bem-estar nas práticas de atividades físicas. Foto: Divulgação/DINO Em fevereiro de 2021, a Resolução de Diretoria Colegiada (RDC) nº RDC 505/2021, elaborada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), definiu novas regras para registros de produtos classificados como terapias avançadas (produto de terapias celulares, de terapias gênicas e de engenharia tecidual) que, segundo o cientista José Ricardo Muniz Ferreira, também responsável pela R-Crio, é uma oportunidade de novas perspectivas e de desenvolvimento nessa área para o Brasil. Ainda, segundo Muniz Ferreira, as células-tronco mesenquimais possuem grande potencial de multiplicação. “Um único dente, por exemplo, pode conter milhares de células e, quando multiplicadas no laboratório, tornam-se milhões. Elas também podem se especializar, com qualidade, em qualquer outra célula de tecidos sólidos do corpo humano, trazendo mais qualidade de

17 de janeiro de 2022

Descoberto mecanismo rápido que o corpo usa para consertar os músculos

Nossos músculos são muito bons em se regenerar, mas eles fazem isso por meio de um processo complexo que envolve várias etapas e que depende de células-tronco. O número de microtúbulos em crescimento em direção ao núcleo diminuiu significativamente, enquanto aqueles que se moviam em direção à lesão não apresentaram nenhuma tendência particular. [Imagem: UPF] Autorreparação dos músculos Agora, cientistas espanhóis e portugueses descobriram um novo mecanismo de reparo muscular após um dano fisiológico que se baseia no rearranjo dos núcleos das fibras musculares. Como funciona independentemente das células-tronco musculares, esse mecanismo de proteção abre caminho para uma compreensão mais ampla do reparo muscular na fisiologia normal, nas lesões e em doenças que afetam os músculos. Embora a regeneração muscular tenha sido investigada em profundidade nas últimas décadas, a maioria dos estudos centrou-se em mecanismos que envolvem várias células - incluindo as células-tronco musculare

Central de Atendimento: 
São Paulo e Região: (11) 3059-0510 | DDG: 0800.770.1112 | E-mail: [email protected]
Av. Indianópolis, 1843/1861 - Indianópolis - São Paulo/SP - CEP: 04063-003