Notícias

22 de junho de 2008

Pesquisa embrionária - Anvisa adota sistema de controle de embriões

Antecipando-se ao julgamento do Supremo Tribunal Federal, a Anvisa — Agência Nacional de Vigilância Sanitária – instituiu sistema que controlará o número de embriões produzidos no país para fins de fertilização in vitro, bem como o número de embriões, dentre aqueles produzidos, que poderão ser classificados como inviáveis segundo os dispositivos da Lei de Biossegurança, Lei 11.105/2005, regulamentada pelo Decreto 5.591/2005. De fato, publicada em 13 de maio de 2008, a Resolução 29 da Anvisa criou o Sistema Nacional de Produção de Embriões (SisEmbrio) – Banco de Células e Tecidos Germinativos, com fins de precisar o número de embriões produzidos que poderão ser utilizados para fins de pesquisas em células-tronco. Uma regulamentação precisa sobre a matéria contribuirá para um controle mais eficaz sobre a atividade das clínicas de reprodução humana assistida no Brasil, além de garantir maior transparência e clareza ao exercício de suas atividades. As clínicas terão o prazo de 60 dias a

10 de junho de 2008

Cientistas criam molécula que causa maturidade de células-tronco

Uma descoberta acidental durante outra experiência levou os pesquisadores do centro médico Southwestern da Universidade do Texas à criação de uma pequena molécula que estimule o amadurecimento de células-tronco do sistema nervoso, segundo a revista "Nature Chemical Biology". Isso poderia permitir no futuro o cultivo das células-tronco nervosas de uma pessoa fora do corpo, o estímulo a seu amadurecimento, e a reimplantação como células que funcionem para o tratamento de várias doenças, segundo os pesquisadores. "Isto fornece um ponto de partida crítico para a medicina neurodegenerativa e a quimioterapia do câncer cerebral", disse Jenny Hsieh, professora de biologia molecular e autora do estudo. A criação da molécula permitiu que os cientistas revelassem alguns dos passos bioquímicos que ocorrem quando as células dos nervos amadurecem. Os cientistas iniciaram este projeto como resultado de um estudo separado onde examinaram 147 mil compostos para ver qual pod

4 de junho de 2008

Cientistas mostram como transformar células-tronco adultas em osso

Uso de substâncias especiais conseguiu induzir especialização desejada de células. Desafio é conseguir traduzir descobertas em terapias para seres humanos. Pesquisadores da Universidade de Twente, na Holanda, deram mais um passo nas tentativas de transformar as células-tronco numa ferramenta terapêutica real. Desta vez, a equipe liderada por Ramakrishnaiah Siddappa usou substâncias que conseguiram transformar células-tronco adultas em células ósseas. No futuro, espera-se que a técnica seja capaz de consertar fraturas em que parte do osso acaba sendo totalmente inutilizada. A equipe da Holanda trabalhou com as chamadas células-tronco mesenquimais, oriunda de partes da gordura e da medula óssea de humanos adultos. Elas têm sido alvo de muita polêmica, porque alguns trabalhos mostraram grande versatilidade de sua parte -- poderiam reconstruir vários tecidos, como músculo ou ossos. No entanto, outros estudos sugeriram que essa potencialidade é limitada pelos problemas que ess

25 de maio de 2008

Pesquisa obtém vasos capilares de célula umbilical

Se passar da fase pré-clínica, estudo da PUC-PR será útil no tratamento de tromboses, entre outras doenças Pesquisadores da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), em parceria com a Santa Casa de Misericórdia de Curitiba e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), do Rio, conseguiram criar, em laboratório, vasos capilares a partir de células endoteliais (de revestimento interno das veias) extraídas das células-tronco do sangue do cordão umbilical. “Da forma como temos, é algo inédito”, afirmou o professor Paulo Brofman, coordenador da pesquisa de doutorado de Alexandra Senegaglia. Com financiamento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e da Secretaria de Ciência e Tecnologia de Insumos do Ministério da Saúde, Alexandra conseguiu desenvolver um meio de cultura, formado por diversos fatores de crescimento, que estimularam a diferenciação da célula e sua multiplicação. A expectativa é que possa contribuir no tratamento de doença

19 de maio de 2008

STF aprova pesquisas com células-tronco embrionárias

O Supremo Tribunal Federal (STF) aprovou, sem restrições, a continuidade das pesquisas com células-tronco embrionárias no país. O presidente do Supremo, Gilmar Mendes, foi o último a apresentar sua decisão no julgamento, que teve início em março. Ele votou a favor das pesquisas, mas com ressalva sobre a necessidade de análise por comitê ligado ao Ministério da Saúde. O tema gerou polêmica no plenário. O que estava sendo julgado era uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) contrária às pesquisas, sob a alegação de que elas violavam o direito à vida. Depois de um debate acalorado sobre a interpretação dos votos e as restrições sugeridas pelos ministros, o presidente do STF encerrou a sessão, anunciando um placar de seis votos pela improcedência da ação. E julgou vencidos os cinco votos que faziam ressalvas, em maior ou menor grau, às pesquisas. Após a sessão, Mendes foi questionado se as ressalvas feitas pelos ministros poderiam estimular um debate no Congresso

Central de Atendimento: 
São Paulo e Região: (11) 3059-0510 | DDG: 0800.770.1112 | E-mail: ccb@ccb.med.br
Av. Indianópolis, 1843/1861 - Indianópolis - São Paulo/SP - CEP: 04063-003